Publicações Mãe Preta

O catálogo Mãe Preta, produzido para as exposições do Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais 2016 feitas em São Paulo e em São Luiz em 2018, apresenta uma edição de 104 páginas com todas as obras da exposição Mãe Preta. O volume organizado por Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa e editado pela Frida Projetos Culturais, contém todas as obras das artistas feitas para o projeto, 2 textos das artistas, 6 ensaios de diversos autores, e registros das quatro exposições realizadas dentro do projeto, de 2015 a 2018.

Textos de Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa, Temi Odumosu, Alex Castro, Lilia Moritz Schwarcz, Júlio César Medeiros da Silva Pereira, Martina Ahlert e Qiana Mestrich.

Identidade visual e projeto gráfico: Alles Blau (Elisa von Randow + Julia Masagão)
Revisão de texto: Tetê Martinho
Tradução: Adriana Francisco e Jessica Varricchio
Tiragem: 1000 exemplares, distribuição gratuita
Ano: 2018

A publicação Mãe Preta foi inspirada no formato dos jornais e informes abolicionistas do final do século XIX. Muitas gráficas eram localizadas na região portuária da Gamboa, região que até hoje abriga um grande número de gráficas artesanais. O volume apresenta textos inéditos e um ensaio visual com obras da exposição e imagens de arquivo do Instituto Moreira Salles e Diários Associados .

Textos de Marco Antonio Teobaldo, Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa, Júlio César Medeiros da Silva Pereira e Alex Castro

Identidade visual e projeto gráfico: Alles Blau (Elisa von Randow + Julia Masagão)
Revisão de texto: Gilberto Lima Filho
Tradução: Isabel Löfgren
Gráfica: Cinelândia
Tiragem: 1000 exemplares
Ano: 2016

O folder Mãe Preta, produzido para as exposições do Prêmio Funarte Conexão Circulação Artes Visuais 2016, e executado em 2018 apresenta o texto de apresentaçao das artistas e um pôster inédito com as 22 heroínas negras da obra Modos de Recordar.  A forma gráfica continua a estética popular das gráficas da região portuária do Rio de Janeiro, tal como a primeira publicação de 2016.

Texto de Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa, e arte gráfica das artistas em parceria com a Alles Blau.

Identidade visual e projeto gráfico: Alles Blau (Elisa von Randow + Julia Masagão)
Revisão de texto: Tetê Martinho
Tradução: Adriana Francisco
Tiragem: 1000 exemplares
Ano: 2018

Fotos de André Ostetto Motta

Textos

Mãe Preta

September 18, 2016

Marco Antonio Teobaldo | Curador | Caminhar pelas ruas da Gamboa pode ser também um exercício de reflexão sobre a história da cultura brasileira que se encontra sob ruas, calçamentos e edificações. Resquícios de um passado não muito remoto vêm sendo descobertos ultimamente, em meio às obras de requalificação urbanística da Região Portuária para os … Read More

A filha de Thereza

September 18, 2016

Júlio César Medeiros da Silva Pereira | Historiador |“Descalce os teus pés, pois o solo em que você está pisando é sagrado.” A frase em epígrafe, remonta a chamada de Moisés no Monte Sinai, cuja dramaticidade dos acontecimentos que se sucederiam iria mudar para sempre a história do povo semita. Gostaria, contudo, de poder justificar … Read More

O passado é o presente

September 18, 2016

Alex Castro | Escritor | O Brasil se considera uma nação boa e pacífica. Mas é só porque esqueceu ter sido a maior economia escravocrata de todos os tempos. Muitas vezes, o sono tranquilo não é consciência limpa: é falta de memória. //// A escravidão africana nas Américas foi talvez a maior tragédia da Era … Read More

Das dores invisíveis

September 9, 2017

Isabel Löfgren | Patricia Gouvêa | Artistas Ser mãe é algo que rasga a pele e inscreve cicatrizes profundas. É habitar a sua própria história e ao mesmo tempo viver fora de si. Uma das mais dolorosas histórias da humanidade é a história das “mães pretas,” as amas de leite que a escravidão gerou por … Read More

Designers

Alles Blau (Elisa von Randow + Julia Masagão)

Julia Masagão e Elisa von Randow trabalham juntas desde 2015 e desde então já realizam os seguintes projetos: identidade visual e guia de programação do “5º Panorama do cinema suiço contemporâneo” para o Cine Secs; identidade visual da exposição do Camâra Cascudo, no Museu da Lingua portuguesa; identidade visual e catálogo da exposição “No Lugar do Outro: Claudia Adujar” no Institudo Moreira Salles; projeto gráfico para a coleção “Passa-Palavra” da Editora Melhoramentos; identidade visual do escritório de arquitetura Natureza Urbana; indentidade visual e sinalização do Vila Butantan; indentidade visual da exposição “A Pele e a espessura do Desenho” no Sesc Ipiranga; entre outros.

www.juliamasagao.com
www.elisavonrandow.com